Volte ao SPIN

domingo, 2 de março de 2014

Antigas correspondências

As frases abaixo escrevi há tanto tempo!
Achei agora por acaso ao pesquisar no Google com a frase "eu não tenho consciência, eu sou a consciência"
Esta frase apreendi numa revelação de sonho sobre os ET
No céu essas luzes que as pessoas chamam de ET ou OVNI
E sobre as tais luzes me foi dito a seguinte frase
"Eu não tenho consciência, eu sou a consciência"
E uma consciência que entra apenas no corpo aberta
Que entra e sai, às vezes não volta às vezes sim
E na sua velocidade ritmo específico fora do tempo subvertem as captchas
E um ET pode ser e é qualquer um de nós que se dispõe a existir de forma invísivel
E atento à frase "Verão teu rosto e não saberão quem és"
Sabe que eu deveria não ter apagado aquela infinidade de blogs que eu tinha no começo deste século
Numa hora de ataque de perfecionismo limpeza passei a faca em tudo
Agora vejo que é interessante que naquela época faltava um parafuso na minha cabeça, ao contrário de agora, quando sei que estou mais ajuizado maduro.,,.
Parece que naquela época dizia as coisas em alta velocidade e ai chegava um momento de perder noção de si mesmo.,,


[jose carlos lima] [Goiânia - Rio Meia Ponte] 
8. Nada é mais gratificante do que estar=ser o que sou neste momento: a felicidade encarnada=real. Não existe, neste momento=espaço=tempo, nem nos nos sóis, nem nas estrelas=satélites naturais e artificiais alguém mais feliz que eu. Neste momento, eu não tenho consciência. Eu sou a consciência. A divina personalidade. Neste momento, eu sou aquele que presenciou a morte do último dinossauro. O DNA=Eva mitocondrial ocupando o vazio. A percepção do nosso incacabamento, isto que chamam de Episódio=mito de Adão e Eva. As leis que existem e que nunca foram e jamais serão revogadas. Tais leis eu=você hão de obedecer sob pena de o mundo=água desaparecer. O lexômetro=lei é extenso. Será revelado aos poucos, na medida da realidade.

05/04/2006 11:06

[jose carlos lima] [Goiânia - Rio Meia Ponte] 
8. Ao verem as fotos dos africanos=brasileiros olhando para o céu naquele dia 1 de marte de 666.666, dia do eclipse=insulfilme total, saibam que aquelas pessoas, de fato, estavam olhando para Idéia cavalgando. Era pégasus conduzindo Idéia. Dê-me suas asas. Preciso voar=olhar=ser. Sair desta realdade lógica=taylorista da qual fujo assim como diabo foge da cruz mesmo que me ofereçam os homais mais belos=dotados=cheiroros do mundo.

05/04/2006 11:01

[jose carlos lima] [Goiânia - Rio Meia Ponte] 
8. Muito pelo contrário, sou mais ligado na realidade, não apenas uma, mas toda a realdiade, não apenas a realidade material, como também a espiritualidade e a sexualidade. E vocês que ficam o dia todo sem nada fazer. Quando digo, sem nada fazer, é não fazer, vocês mesmo, sua obra prima. Faça uma obra como esta que estou fazendo. Vá blog do Fernando Rodrigues no portal UOL. Tome posse de um dos seus arquivos, assim como um pássaro, um indivíduo animal que, marcando=demarcando seu território, não permite invasão. Se todo você for derrotado(a) pelo(a) intruso(a) procure outro galho=arquivoi=armário e, construa ali, seu novo ninho. E assim por diante. Comece hoje O tempo começou a ser contado desde as 9:23 horas do dia 29/03/2006, ou seja, 1 de marte do ano 666.666, momento do eclipse solar total, quando o mundo ficou assim:espírito=sexo=matéria,leia-se sol=lua=terra.Neste momento, Idéia voltou. Veja as imagens das pessoas olhando para o céu=solo=solo no momento daquele eclipse=insulfilme

05/04/2006 10:58



[jose carlos lima] [Goiânia - Rio Meia Ponte] 
8. Fiquei a contemplar aquela árvore seca cujos galhos, por se tratar de uma árvore frondosa, ocupavam todo o interior do quarto=planeta. Fui ao 1,99 reais=dólares e comprei uma boneca destas de tamanho natural. E também uns novelos de lã branca. Transformei os longos fios em cabelos para aquela boneca. Arranquei a cabeça da boneca e preguei num dos galhos daquela árvore. Depois arrancei os braços, pernas e membro, de forma que aquele corpo ficou ali, fragmentado. Os cabeços bonitos batiam do ceú ao teto, lembrando Rapunzel. Pois foi esta obra que estragou meu casamento=parceria civil com Alessandro, spin motoqueiro, humano. Não se trata deste citado em espaço anterior=posterior. Era outro. Até hoje sou apaixonado por ele. Mas ele ficou traumatizado com minha obra, no fundo no fundo achou que era portador de algum desvio mas, na verdade, não sou. Sonhando, vi a frase "Caia na Real." Eu sei disso. Eu não sou desconectado da realidade como muitos imaginam.

05/04/2006 10:49

[jose carlos lima] [Goiânia - Rio Meia Ponte] 
8. Este espaço onde moro está mais para escritório=ateliê do que para um lugar digno de ser visitado=habitado por alguém. Sem comentário. Um spin amante rompeu o relacionamento ao imaginar que sou portador de alguma doença mental leia-se esquisofrenia, THDA, transtorno bipolar do humor, compulsão etc ao me ver através da minha casa. Estávamos deitados na cama e ele ficou com medo de ser morto pela queda de uma árvore. Como assim, se estávamos dentro de um apartamento? É que, como fruto=resultado deste meu processo narrativo, fui ao Bosque do Mutirama. Lá havia uma árvore no chão, um pé=nascedouro de jequitibá. Como a árvore era muito pesada, paguei um caminhão=guincho para transportá-la aqui pra casa. Foi um trabalhão pra subir com esta árvore nas costas. Firmei o tronco da árvore no chão ( sem furar o piso) e um dos galhos no teto. Não acreditei quando vi que a árvore ficou ali: firme. Como se tivesse sido feito pra ficar ali.

05/04/2006 10:42

[jose carlos lima] [Goiânia - Rio Meia Ponte] 
8. Será que, com esta minha mania=doença que me leva a ficar 24 horas escrevendo=olhando=sendo alguém vai querer conviver comigo? Quem põe os pés aqui em casa não quer voltar, a não ser prá me matar. Por isso não trago ninguém aqui em casa. Prá que existe cinema com salas especiais, como aquele da Rua 9, o Astor, e o da Rua 7, o Cine Havana? Prá que existe hotel=motel? Necessito de três espaços, um para onde somente eu e mais ninguém possa entrar, para ficar a sós comigo mesmo, como agora, neste momento, o espaço chamado espiritualidade; um outro espaço para ficar com alguém, o espaço chamado sexualidade, aqui o spin amante pode entrar; e um terceiro espaço=casa onde todos, amigos, familiares, toda a cidade possa entrar=olhar=ser. Não pode haver esta confusão de espaços=vivências. Isto é viver a espiritualidade, a sexualidade e a matéria=sociabilidade em sua plenitude.

05/04/2006 10:35

[jose carlos lima] [Goiânia - Rio Meia Ponte] 
8. Demorei um pouco para voltar. Era o Alencastro, spin amante, humano, ao telefone. Todos os dias ele me liga neste horário para saber como estou? Se é namoro antigo? Não. É só o começo. Sou tão ruim para continuar relacionamentos. A apresentadora de ontem, na MTV, respondendo a uma telespectadora, disse que não se pode sufocar=cercar a pessoa com propostas de casamento=parceria civil=religiosa=afetiva. Claro. Homem gosta é de liberdade. A paixão se dá por um pedaço da gente: o rosto ou o sorriso ( muitas vezes falso=artificial=forçado) ou o pé ou os cabelos ou a voz ou as genitálias. Depois, com a convivência, se percebe que o outro é um todo=problema=defeito. Aí se acabam os casamentos=convivências. Há quem goste, mais em você, da sua atividade profissional. Os=as funcionários(as) da Justiça Federal são muito cobiçados. Já notei isso. Se sou funcionário da Justiça Federal? Não. Trabalho para uma spin seguradora, pessoa jurídica. Tudo isto é normal. Pra ficar ansioso(a) pra relaciona

05/04/2006 10:27

[jose carlos lima] [Goiânia - Rio Meia Ponte] 
8. Tenho muitas tarefas a cumprir. No momento são 10:00 horas=minutos=segundo=graus. Daqui a pouco tenho que bater o relógio de ponto taylorista=escravista. Ontem à tarde foi um sufoco de tanto serviço. Saí morto de cansado. Daqui a pouco tenho que retornar ao trampo=batente. O que mais fiz ontem? Entrei no google com as palavras que haviam sido apreendidas=aprendidas em sonhos da noite anterior=posterior. Como eu havia sonhado com o termo "espaço e" entrei com esta pesquisa=busca no Google, spin enciclopédico, pessoa jurídica. O resultado da pesquisa foi Antonin Artaud, spin visionário, humano: visão - forma - conhecimento. Depois entrei com outro termo com o qual eu havia sonhado "proclamação da república" ocorrida em 1989, no ano 666.651 no novo calendario=tempo. Aí vi que a mídia daquela época é a mesma de agora. Os fatos ocorrem mas a versão da mídia se sobressai sobre os fatos reais.

05/04/2006 10:07

[jose carlos lima] [Goiânia - Rio Meia Ponte] 
8. Sou que tipo de caráter=personalidade? Sou tudo aquilo que você for capaz de imaginar=olhar=ser. Nem sei o que sou. Uma vez uma pessoa me perguntou de que planeta eu vim. Daqui mesmo. Não sou de fora. Sou daqui. Quero cair na real. Não posso continuar em órbita. Num sonho, acerca de ET = Extra Terrestres, vi um deles=ovini no céu. E a respeito daquela presença foi dito o seguinte: "eu não tenho consciência, eu sou a consciência.". Você entendeu o sentido desta frase, uma resposta às dúvidas sobre os ET? Os sonhos tem caráter cognitivo. Outros são serevem à contemplação. Outros à estéticas. Outros reflexo do momento presente=passado=futuro. Não estou a fim de entrar neste assunto agora. Não sou cientista. Isto é um spin =sistema poético=patológico informativo nato. Isto não é um tratado de ciências políticas=sociais=biológicas etc

05/04/2006 09:59



[jose carlos lima] [Goiânia - Rio Meia Ponte] 
8. As coisas são ditas assim na bucha. Até tive inveja dela. Não tenho toda esta liberdade de me expressar=extravasar=olhar=ser. Sei lá, este blog não é meu. O dono do blog, o Fernando Rodrigues, spin jornalista, humano, pode deletar o espaço=momento anterior=posterior por causa da impropriedade=inoportunidade. Quem dera se eu tivesse tido uma mãe como aquela apresentadora. Se ela é vulgar? Não. Claro que não. Trata-se apenas de uma pessoa livre para dizer as coisas que existem e que, para muita gente, deve=pode continuar debaixo dos panos. Nota 10 para o programa. Parabéns a MTV, spin verbalizadora=educadora, pessoa jurídica. Se dei vontade de ligar? Se naquele momento tinha uma queixa a apresentar? Não. Mas aprendi bastante. Que bom se os pais=mães não tivessem esta bobagem=medo que os leva a ocultar o que existe, o que há de mais belo, o amor=sexo. Não apenas o sexo mas, principalmente, o amor,o cuidar do outro, o sorrir juntos, a audição mútua, assim como Eu & Alessandro nesta noit

05/04/2006 09:53

[jose carlos lima] [Goiânia - Rio Meia Ponte] 
8. O que ouvi=vi quando liguei a MTV? Um rapaz ligou para a apresentadora. Ele ( meio sem jeito): eu gosto de sexo oral. Ela ( apresentadora): de fazer e receber? Ele: sim. Ocorre que as coisas não estão indo muito bem. Ela não gosta que eu use a lingua. Quando é ela em mim, ela passa os dentes naquilo. E os dentes dela são bem afiados. Alem disso ela aperta meu saco. Ela ( a apresentadora ): olha, diz para ela proteger a os dentes com a língua. Não é só gostar. Tem que aprender fazer. Ela está precisando aprender. ....... FIM DA APRESENTAÇÃO.........

05/04/2006 09:46

[jose carlos lima] [Goiânia - Rio Meia Ponte] 
8. Num sonho, vi Nerfertiti, spin deusa, humana, seu corpo enfeitado sendo exposto=velado na Praça do Bandeirante. Num outro sonho, vi o seguinte poema=frase, de Osiris, spin deus, humano=divino, para Isis, spin deusa, humana=divina: minha deusa Isis. ............................................. Nem sei porque estou dizendo isso. Nada a ver com o meu velório. Vou pagar o Auxílio=Seguro Funeral para ter um velório personalizado, conforme vi no sonho. O meu rosto e o meu sexo oculto. Idéia Sem Rosto. Idéia Sem Sexo. Falando em sexo, ontem, quando cheguei da rua, liguei na MTV, spin verbalizadora, pessoa jurídica. Não gosto muito da MTV, os clipes são muito diversifados, não há uma linha. Por volta de zero hora de ontem para hoje, 4 para 5 de abril, 14 para 15 de júpiter, gostei muito de um programa sobre educação=orientação sexual. A apresentadora diz as coisas na bucha=instante. Sem meias palavras. Sem este medo incutido por nossos pais=avós=bisavós. Nota 10 para a apresentadora.

05/04/2006 09:41

[jose carlos lima] [Goiânia - Rio Meia Ponte] 
8. No momento são 09:28. Tenho coisas a fazer. Uma obras de arte para presentear=agradar=agradecer ao spin cantor; arrumar a casa; lavar umas roupas; se alimentar; são tantas coisas por fazer!!!! além disso não posso ficar 24 horas escrevendo porque tenho problema de hemorróida=varizes. Dizem que tem estes problemas corre risco de ataque cerebral=cardíaco. Uma senhora que morava lá na Vila Nova levantou cedo. Foi ao quintal pegar uns capins=erva cidreira para fazer um chá. Já caiu morta. Queria tanto morrer assim! De repente. Sem ver a morte. Se vou querer ser enterrado no sepulcro coletivo=familiar construído por meu pai? Não sei. Se eu morrer antes dele, claro que não posso contrariar a vontade dele. Caso ele morra primeiro, estarei livre para ser velado onde=como quiser: ali numa ilha da fantasia=realidade que fica no interior do Bosque do Parque Botafogo. Serei velado como Idéia Sem Morte. Vi isto num sonho. Um grupo de artistas transformando o meu corpo cadáver em escultura

05/04/2006 09:35

[jose carlos lima] [Goiânia - Rio Meia Ponte] 
8.Depois, já sabendo que Ney Matogrosso era nome de homem, ele voltou para se apresentar aqui em Goiânia - Rio Meia Ponte. Por volta de 15:00 horas, fui ver o ensaio. Como eu não tinha um centavo no bolso, me escondi dentro do banheiro do Jóquei Clube de Goiás. Fiquei ali das 15 às 21:00 horas. Ainda bem que o spin cantor é pontal. Exatamente às 21:00 horas ele entrou. E eu sai. O fiscal me viu e me achou estranho eu maltrapilho em meio aquele povo de terno. Fiz-se de bêbado=doido ai ele me deixou quieto. No meio da multidão, pude assisti ao show do spin cantor. Acho que esta mania de comprar presentes para ele é uma forma de pagar aquele ingresso. Aquela falta de ética da minha parte. Uma espécie de pena. Autopunição.

05/04/2006 09:27

[jose carlos lima] [Goiânia - Rio Meia Ponte] 
8. Naquela época não havia televisão, spin verbalizadora, pessoa jurídica. Eu gostava muito da música Sangue Latino. Cantava o dia todo achando que Ney Matogrosso era nome de mulher. Mesmo aqui em Goiânia, quando ouvia a música O Tic Tac do Meu Coração achei que era voz de mulher. Levei um choque quando vi que Ney Matogrosso era homem. Como fiquei sabendo? Quando ouvi a música Homem com H. Até então eu não o havia visto. Ai fui vê-lo num show do Festival do Colégio Objetivo no Estádio Serra Dourada. Na mesma noite se apresentou também a Elis Regina, spin cantora, humana. Vi que era homem memso. Ele se apresentou como Homem com H. Não sei onde eu estava com a cabeça para, durante tanto tempo, achar que Ney Matogrosso era nome de mulher. Às vezes desconfio que falta um parafuso=neurônio na minha cabeça=olho=ser

05/04/2006 09:23

sábado, 6 de abril de 2013

Dedicatória

Fui ali aliviar-me com o pente de macaco
Vou ver se consigo umas semente para o pintor
Hum,...que delicia
Se massageei a língua?
Não
Não foi preciso
Foi tão fácil escrever concluir esta obra que não estou nem pouco cansado
Posso fazer mais milhões de livros deste num instante segundo ano milênnio
Um momento time tempo
Pois não
Dei vontade de massagear masturba minha língua
E foi exatamente o que fiz agora
Hum.......................que delícia
Depois se amassar todo o corpo com a semente fruto pente de macaco espichei e bodejei como se eu fosse e sou um spin caprino
Hummm
Que delícia
(    ) Bodeje boce olhe seja
A vida
Não apenas a vida espiritual mas toda a vida
Espiritual sexual material
Visão forma conhecimento
Todas as bibliotecas do mundo não podem substituir um indivíduo que seja pois que todos nós sabemos na mesma quantidade e a única diferença são processos entre si estas coisas chamadas K
Kafka
Fernando Pessoa
Kar Marx
Gandhi
Ah mas são tantos
Fui
Ah
Bodejar o canto do bode na procissão de ,,.,..esqueci o nome,,,ah sim,,,baco
Hoje é dia de festa
Baco
Bacana não é mesmo
Não posso palavra palavrões
As crianças, agora sei, acompanham minha obra
Sei que elas são abertas e, pecadas atrofiadas são os adultos
Entendo as ponderações do meu irmão spin quanto as fotos despido narciso  e ele fez bem ao me convencer a retirar aquelas fotos que, claro, cairam na  rede e começaram a infernizar minha vida, deixando feito uma barata tonta até o conserto do meu irmão, uma vez que meu médico foi assassinado por um spin homofóbico, não sei se como teatro ou realidade
Esta obra dedico a ele
Meu eterno médico

sexta-feira, 29 de março de 2013

spinLeaks


                 
 Visão, o primeiro momento
 LEMBRANÇA, O PRIMEIRO MOMENTO

Lembrando de Alexandre. Oi Alexandre, que bom receber sua mensagem. Tudo bom, meu irmão? Ah, estou viajando hoje, estou de férias do trabalho, retorno  início de setembro. Para onde vou não tem e-mail. Sinto suadades de vc. Como o mundo dá muitas voltas! Dias atrás, eu estava assistindo a TV Cultura. Dormi e acordei por volta de meia noite. Era um amigo o Francisco, que ligou me convidando para irmos a um passeio no DF. Após falarmos, desliguei o telefone e retornei para o quanto onde a TV estava ligada. Vi minha imagem na TV e levei um susto. Eu não tenho video cassete, como minha imagem está aí. Continuei vendo aquilo e aí vi você. Aí me perguntei: O Alexandre? O que é isso? Onde foi isso? Quando foi isso? Na continuação é que vi que se tratatava de uma presença nossa no Festival de Video Experimental, o Trash, lá no Martin Cererê. O

Spinleaks


                                                 8_70
                                                   8


Relato de sonho

Momento 1: momento “eu visionário”.  Relato da visão. O que vi?

Se eu tivesse esta voz de ouro do Ney Matogrosso não estaria comendo o pão que o diabo amassou. 
Refificação: A melhor coisa deixada pelo spin deus foi a possibilidade de retificação. Acabei de cometer um erro ao querer ter a voz do Ney.Cada um com seu dom. Se não tenho o dom de cantar, tenho o dom da escrita que, por sinal, não valorizo e por isso escrevo assim, falando coisa com coisa, ou seja, incoerente. Sinto-me bem assim e pronto.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Fwd: versículos 84 a 108





Mensagem original
De: jose carlos lima < ideiasemarmario@yahoo.com.br >
Para: edson_barrus@ig.com.br
Assunto: versículos 84 a 108
Enviada: 16/12/2005 12:51

97 Voltei... voltei  para dizer=olhar=ser...Quando pequeno, na escola, quando ouvia a professora de Literatura, buzinando o dia todo a palavra parnasianismo no meu ouvido sofri um trauma=aversão à literatura. Engraçado, nem lembro mais do nome daquele professora=carrasco! Acho que era M, M de Marilene. Que nome horroroso!!!! Engraçado... Me lembro, até hoje, do nome da professora de gramática. O nome dela era Fátima Torres. Naquela época a educação era de qualidade. Vinha gente de primeira pra no ensinar. Este lance da aula de literatura foi bem depois, no Segundo Grau, quando a educação deste país já havia degringolado=descarrilhado=descambado ladeira abaixo para ser o que hoje: uma farsa=simulacro de ensino...

terça-feira, 8 de março de 2011

"Evolução", ????


Onde que eu estava mesmo. Com medo da catracada do LN me interrompi,
Ah sim, era no relato acerca da autoconsciência, da nossa percepção de tempo ou espaço neste planeta, há milhões de anos, quando ainda éramos símios
Eu havia falado da consciência da voz, sim, isto já ficou claro
Da consciência da árvore. Também. Quando falei da fricação.
E da consciência do infinito?
Ah sim, neste momento D ficou triste.
Foi quando percebeu o quanto estava longe do seu ponto original
Como poderia estar tão longe
Você tem noção do que signfica estar em Marte e ficar triste ao dar-se da conta do quanto distante estás da Terra
A distância, no caso, naquele momento da percepção de si na Terra em relação a um tempo bem antes do Big Bang ou GDI (Grande Deiscência Estelar)...
Aliás, será que alguém está entendo ou não estou querendo ou conseguindo ser claro ou objetivo, claro, há coisas que não podem ser ditas por palavras
Suba numa árvore e olhe para o infinito
Melhor experimentar as coisas do que ficar com trololó
fui

Em tempo:
Ah, é tanta coisa bacana para mostrar, antigos carnavais
Álbum de familia, já me excedi por aqui, vou andar por aí,
Segue o link para antigos carnavais
https://peregrinacultural.wordpress.com/

Estátua de Toth, Deus da Sabedoria, encontrada no Egito
16 05 2010




Arqueólogos encontraram uma estátua de granito vermelho do antigo deus egípcio da sabedoria, Thoth. A descoberta foi anunciada pelo Ministério da Cultura do Egito neste domingo.
A escultura, de 3,5 m de altura e 140 cm de largura, foi encontrada durante escavações em Luxor, próximo ao templo do rei Amenhotep III, que governou o Egito há 3 mil anos. A estátua mostra Thoth como um homem com a cabeça de um babuíno.
O deus era considerado pelos antigos egípcios como o inventor da escrita. Outras imagens de Thoth o descrevem também com a cabeça de um íbis (ave com pescoço longo e bico comprido, e encurvado para baixo).
Fonte: Terra

sábado, 25 de dezembro de 2010

Feliz Natal

Hoje é feriado, não posso trabalhar ou escrever, inclusive isso que vc está lendo agora foi escrito ontem para ser publicado hoje de forma automática
Hoje tudo pára, inclusive os pássaros ou aviões ou átomos ou spin

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Arrumando a casa

No momento estou fazendo uma limpeza nos meus 70 blogs
Apaguei muita coisa, eliminei excessos
Ao este texto as letras se rebelaram.
Alteraram-se, sairam de lugar.
Misturaram-se.
Gostei da reb(v)ação.
Eu quis dizer revelação.
Rebelião, revolução.
A revolução das letras.
Eu não sabia que isto fosse possível no mundo quântico.
A alteração do exato, estabelecido, estável.
Usei a imagem da rebelião das letras para compor a imagem da capa desta obra.
Refiro-me à nau capitânia que guia esta corveta, fragata, canoa, voadeira, sei lá.
Isto é o de menos, os nomes são o de menos,
O mundo foi criado sem palavras.
As palavras não são precisas.
Não são precisas as palavras.
Não pense, sinta.
Clique na imagem para ver

domingo, 8 de março de 2009

Reconstituir o spin ou reconstruir



















As coisas novas que existem trazem traços das coisas que a antecederam
Constatei isso ao voltar aqui após bilhões de anos
As coisas terminadas deixam traços, impressões digitais no universo.
Sempre.
Tuas marcas.
O teu novo orkut trará marcas do anterior.
Faz parte do nosso passado sempre presente.
Quando lembramos isto faz bem.

Manifestação Contra a "Ditabranda"



O que: Protesto Contra a Folha e sua "Ditabranda"
Como: Paint/print screen + colar
Quando: 8 de março de 2009
Por quem: José Carlos Lima

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Pontos de luz ou discurso áudiovisual

Quando tirei estas fotos no vão da Serra de Sambaiba - Rio Balsas, ouvi um som que me lembrou um uma infinita quantidade de átomos trombando uns nos outros. Zumm zumm zummm. O som lembrava um pouco um berimbau, quando se puxa a corda deste instrumento.
s tocando em forma de orquestra,
som equidistante,
não sei o que era,
seriam insetos tropeçando uns nos outros?
sou muito cético, prefiro acreditar então nesta hipótese, a dos insetos cantando, uma orquestra de insetos.
uns nos outros produzindo o som

Por: josé carlos lima
Quando: janeiro/marte, 2009
Com que: Cibershot 7.0 mega pixels